Somente Crescem em Espiritualidade Aqueles a Quem a Infelicidade dos Outros Entristece

Somente crescem em espiritualidade aqueles a quem a infelicidade dos outros entristece, aqueles para quem uma boa refeição é amarga enquanto há seres que têm fome, aqueles para quem o luxo é um fardo enquanto existem homens que nada possuem. Esses é que edificarão a nova civilização porque estão prontos a sacrificar a felicidade que gozam para espalharem, em volta de si, a alegria de viver e a segurança.” (Annie Besant. O Mundo de Amanhã, p. 268; grifos nossos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *